Qualquer verdade pasa por três estagios:

Primeiro é ridicularizada.

Segundo é violentamente combatida.

Terceiro é aceita como óbvia e evidente

(Arthur Schopenhauer)

 

Perguntas mais frequentes:

 

  1. Eu vou perder o meu auto-controle? – Isso não acontece, durante o estado hipnótico você terá o controle de tudo o que está fazendo ou acontecendo, caso a sugestão do hipnotizador venha a ferir em algo o seu conjunto ideológico automaticamente você “desperta” do estado, é importante lembrar que consciente e inconsciente estão presentes o tempo todo de nossas vidas, costumeiramente, o que chamamos de consciente está ativo no dia a dia, já no estado hipnótico, este consciente se silencia momentaneamente e deixa margem para o inconsciente se manifestar, porem ele continua ali observando tudo e se, por ventura, algo for contrário aos seus valores o consciente assume a frente e barra a sugestão.

 

  1. Eu vou ficar inconsciente? – Outro grande mito, algumas apresentações de entreterimento passam a impressão de que a pessoa não está ciente dos fatos que ocorrem, ou está “apagada”, “dormindo” etc. na verdade a pessoa está ciente de tudo o que acontece com ela durante o estado, está ouvindo tudo e pode responder o que aconteceu quando perguntado depois, pode-se perguntar para a pessoa hipnotizada posteriormente ao show e esta confirmará o que estou dizendo, o estado hipnótico é classificado como um estado modificado de consciência (EMC) ou um estado alterado de consciência (EAC), ou seja, presume-se que a consciência continua presente mesmo durante este estado.

 

  1. Não me lembrarei de nada do que foi dito? – É raríssimo que isso ocorra, geralmente isso ocorre por comando do hipnotizador, nos shows, na clínica não se tem interesse que a sugestão seja “esquecida”, o objetivo é terapêutico, ou seja, é mais comum que a pessoa se lembre de algo que há muito tempo não lembrava, pode acontecer em casos raros de que a mente do individuo "apague" novamente a memoria lembrada, mas esses são casos bem especificos.

 

  1. Eu vou contar os meus segredos? – Outro mito da Hipnose, ninguém vai contar algo ao hipnotizador que já não contaria fora do estado hipnótico, o que ocorre é que por ser um ambiente terapêutico as pessoas estão mais predispostas a se abrirem para o terapeuta.

 

5. Eu tenho uma mente muito forte, será que você vai conseguir entrar nela? – Outro mito muito comum entre os leigos, a Hipnose não se trata de uma batalha de mentes, ou do dominio de uma mente sobre a outra e sim um processo em parceria que busca um determinado resultado, ou seja, se você tem uma mente forte isso é muito bom, pois você terá facilidade para realizar o processo, ao entrar no atendimento você vai descobrir o poder da sua propria imaginação e sua capacidade de criar, vai perceber o poder que a sua mente tem para modificar a sua vida e é nisso que eu posso te ajudar.

 

7. Trata-se de alguma técnica esotérica ou mistica? Tem algo ligado a fé? – Não, a Hipnose hoje em dia tem forte embasamento cientifico, seus efeitos são explicados pela Neurociência a por diversas teorias, tanto é que não é necessário que a pessoa acredite em Hipnose para que esta ocorra, mas sim que a pessoa colabore com o processo para gerar o efeito.

 

8. É o mesmo que dormir? – Não, a Neurociência já comprovou que o sono e a hipnose são estados diferentes, na verdade o estado hipnótico é um estágio prévio ao sono, o sono em si é um estado mais profundo que o estado hipnótico, de forma que todos passam pelo estado hipnótico pelo menos duas vezes no dia, quando estão quase dormindo ou quando estão quase acordando, no estado hipnótico as frequências cerebrais ficam geralmente entre 5 a 13 Hz (teta e alfa)  já no sono as frequências ficam abaixo de 4 Hz (delta).

 

9. Posso ficar preso na Hipnose? – Isso é impossível, o estado hipnótico é um estado natural que todos vivenciamos no dia a dia, varias vezes ao dia, é como quando a tela do computador apaga para preservar a vida útil do aparelho, nosso cérebro está fazendo o mesmo ao entrar neste estado, preservando a vida útil do aparelho cerebral, o máximo que pode acontecer é o estado hipnótico progredir para um sono fisiológico e assim com o tempo o indivíduo hipnotizado ira despertar como se acordasse de um sono.

 

10. A Hipnose é causada pelo hipnotizador? – Não, toda Hipnose para ser efetiva de fato tem que se converter em uma auto Hipnose, o hipnotizador serve apenas como um guia, no ambiente terapêutico, mais que um guia o hipnólogo clínico vai servir como uma voz da razão para proteger e solucionar os traumas e demais problemas que irão surgir, mas não é o hipnotizador que causa a hipnose e sim a pessoa que, ao seguir os comandos passados, se coloca no estado hipnótico.

 

11. É possível apagar memorias antigas? – Não exatamente, sugestões diretas relacionadas ao apagar memorias terão curta duração, em no máximo em 3 dias as memorias que foram reprimidas retornarão, o que é possível com a hipnoterapia é superar uma memória dolorosa, aprender a lidar com alguma lembrança, aliviar o peso emocional da memoria agressiva em si etc., ou seja, após a terapia a pessoa irá se lembrar do fato ocorrido mas aquilo não terá o mesmo peso que tinha antes da terapia.